Colégio Renascença recebe o Selo de Polo Oficial de Mini-Handebol no Brasil

Data de publicação: 27/09/2021

O Brasil garantiu 21 medalhas nas Olimpíadas de Tóquio, mas, acima das vitórias, a participação dos atletas inspirou uma nova geração de futuros campeões olímpicos. No Colégio Renascença, em São Paulo, o interesse pelo esporte começa logo cedo com as aulas de mini-handebol, para crianças a partir de 8 anos. O trabalho de formação esportiva recebeu o Selo de Polo Oficial de Mini-Handebol, conferido pela Confederação Brasileira de Handebol (CBHb), o órgão máximo da modalidade no esporte no Brasil.

A certificação reconhece o trabalho de formação e excelência em prol do handebol brasileiro desenvolvido pelo colégio. “Isso é um troféu para nós! É o reconhecimento do trabalho de todos da escola no fomento e incentivo às categorias de base. No esporte conseguimos unir o desenvolvimento das capacidades físicas, motoras, comportamentais, psicológicas, cognitivas e socioafetivas. Portanto, formamos e transformamos por meio da prática de atividades físicas”, comemora o Coordenador de Educação Física e Esportes do Colégio Renascença, Diego Tarandach, que ressalta a importância do esporte na formação pedagógica dos estudantes.

Com o selo, o projeto ainda recebe apoio da CBHb na formação dos profissionais de educação física da instituição - como cursos, material especial para aulas e, até o final do ano, serão realizadas uma formação nacional e outra internacional para os professores. A nova fase do projeto Mini-Handebol do Colégio Renascença será inaugurada em novembro e contará com a presença de atletas profissionais do esporte.

O efeito das Olimpíadas

Com 20 dias de competição, mais de 300 eventos esportivos e a participação de aproximadamente 12.750 atletas de 206 países, os Jogos Olímpicos se tornaram um dos assuntos mais comentados pelos estudantes na sala de aula. O interesse pelo esporte virou até uma atividade pedagógica no Colégio Renascença com a participação de atletas brasileiros: Thiago Moura, do atletismo; Raquel Kochhann, do Rugby; e Rogério Moraes, bicampeão da Champions League de Handebol na Europa. 

Os estudantes dos anos iniciais entrevistaram os atletas por videoconferência e puderam conhecer um pouco mais sobre a rotina no esporte. “Foi um processo educacionalmente muito enriquecedor. Além do contato próximo com os atletas, o que é sempre empolgante para uma criança, os resultados vão além da motivação esportiva. Houve o processo de elaboração das perguntas, de pensar no esporte, reconhecer as características geográficas e culturais do Japão, assim como compreender as situações da sociedade na realização de um megaevento em época de pandemia”, explica Diego Tarandach.

Atualmente, com uma matriz curricular de educação física que inclui Handebol, Futsal, Basquetebol, Voleibol, Ginástica Artística e Judô, o Colégio Renascença pretende expandir a oferta de modalidades esportivas em 2022 para atender a demanda dos estudantes e, talvez, futuros campeões olímpicos da escola. Para maiores informações, acesse: http://www.renascenca.br

Videos | Assista os vídeos relacionados


Imagens | Veja as imagens relacionados


{{galery.descricao}}

Arquivos | Download de arquivos

Artigos | Veja os conteúdos relacionados

Colégio Renascença

Rua Inhaúma, 315
Barra Funda - São Paulo, SP

Atendimento

Segunda a sexta, das 8h às 17h

(11) 3824 0788
(11) 3181 7001

© 2021 - Colégio Renascença | Todos os direitos reservados.