Ensino Fundamental 1

Data de publicação: 15/12/2009

1º e 2º anos

Acreditando na especificidade desta fase do desenvolvimento da criança em relação ao processo de alfabetização e letramento, desenvolvemos uma proposta diferenciada para esta faixa etária. O Ciclo de Alfabetização, composto pelos 1º e 2º anos, reúnem crianças que completam 6 e 7 anos, que darão continuidade ao processo de sistematização dos conteúdos e maior formalização das aprendizagens.

Quem se alfabetiza deve fazer da leitura e escrita ferramentas de informação plena, de validação, direitos, necessidades e conhecimento. Nessa fase, é primordial a conquista da habilidade da leitura, da escrita, do cálculo e da resolução de problemas.

Nessa etapa da escolarização, as situações de aprendizagem estão voltadas para o desenvolvimento da autonomia, aprender a conviver e da capacidade de fazer escolhas. Compreendemos que, nesse momento, os alunos já são capazes de se mobilizar para os estudos, assumindo gradualmente uma atitude de maior organização, concentração e responsabilidade coletiva e pessoal. Ao mesmo tempo, têm na brincadeira, os elementos essenciais para se desenvolverem de modo integral e integrado, em seus aspectos físicos, sociais, emocionais, culturais e cognitivos.

Respeitando essas necessidades e características da faixa etária, equilibramos o cotidiano escolar, de modo que as crianças tenham tempo e espaço para aprender, para brincar e para estudar.
O aprender de si, do outro e do mundo acontece nas interações com outras crianças, em situações organizadas de ensino, mediadas pelos professores. As turmas heterogêneas e a organização dos alunos para o trabalho coletivo e em duplas propiciam a troca de saberes e experiências. Enquanto brincam e compartilham conteúdos e conhecimentos específicos, aprendem a respeitar a diversidade e a lidar com as divergências, em um exercício constante de convivência.

As disciplinas estão a serviço dos principais eixos de trabalho: a construção / desenvolvimento da aquisição da leitura, da escrita e da matemática; o aprender a aprender; a compreensão do ambiente natural e social, das tecnologias, da arte e dos valores éticos, humanos e culturais.

O trabalho da área judaica tem como objetivo o maior fortalecimento da identidade judaica por meio das vivências das tradições caracterizadas pela língua hebraica, literatura, dança e outras formas de expressão. Inicia-se o processo de alfabetização na língua hebraica, considerada um dos elementos que une o povo judeu. A partir do desenvolvimento da oralidade no idioma e ampliação gradativa do vocabulário, os alunos começam a identificar as primeiras estruturas linguísticas, base para a alfabetização.

Os alunos têm o primeiro contato com as histórias da Torá, contadas oralmente, desenvolvendo os sentimentos de pertença e identificação com a religião judaica.

3º, 4º e 5º anos

Essa etapa do Ensino Fundamental reúne crianças de 8, 9 e 10 anos e tem como objetivo ampliar gradualmente o exercício reflexivo dos alunos, a fim de favorecer o desenvolvimento de uma postura crítica que lhes possibilite aproximar-se de conceitos mais complexos. Esses exercícios reflexivos são feitos por meio das experiências e vivências no cotidiano escolar, pertinentes à tradição e a cultura de nossa época.

O desenvolvimento da autonomia baseia-se no exercício constante do respeito ao outro. O aluno observa, no dia a dia, o exemplo de respeito que o professor oferece, envolvendo-o na elaboração de regras de convivência, usando alternativas cooperativas para construir a disciplina e promover a resolução de conflitos.
Dessa forma, o aluno aprende a se autorregular. À medida que expõe suas ideias, aprende a ouvir e a decidir se concorda ou não com a opinião dos outros. Gradualmente, descobre como relacionar-se com seus pares de maneira mutuamente satisfatória.

Oferecer aos alunos a possibilidade de expressão e reflexão por meio de diferentes linguagens, entre as quais a linguagem verbal e não verbal, matemática, científica, gráfica, plástica, musical e artística, é um modo de dotar de sentido e significado as suas experiências, uma vez que o ser humano se constitui nas linguagens. Por meio desse processo, poderá ampliar seu conhecimento do mundo e desenvolver sua curiosidade científica, o raciocínio lógico e a participação cidadã na sociedade.

A mediação do professor, que se posiciona como sujeito que detém o conhecimento sobre o objeto de estudo, propicia aos alunos a aproximação dos diferentes conteúdos e fortalece o vínculo com a aprendizagem e com a apropriação dos procedimentos de estudo.

O trabalho na área de estudos judaicos dá continuidade à alfabetização em língua hebraica, com ênfase no enfoque comunicativo e, principalmente, como elemento importante da identidade judaica.

Com o ensino da Torá, pretende-se transformar esse importante documento que legitima e fundamenta toda a cultura do povo judeu em uma fonte de apoio para o cotidiano de nossos alunos. Este trabalho é uma referência que garante a incorporação de valores, localizando os alunos como pertinentes e atuantes na cultura judaica.

Enfocamos temas que vão da constituição de um povo com base nos mesmos ideais à necessidade de regras e leis regulamentadoras do convívio social, enfocando a importância de conquistar seu espaço dentro desse universo e de compartilhá-lo por meio de atitudes de respeito e aceitação ao próximo.

Videos | Assista os vídeos relacionados


Imagens | Veja as imagens relacionadas

Arquivos | Download de arquivos

Artigos | Veja os conteúdos relacionados

Colégio Renascença

Rua São Vicente de Paulo, 659
Santa Cecília - São Paulo, SP

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 17h

(11) 3824 0788

© 2017 - Colégio Renascença | Todos os direitos reservados.