Zahar: Palestinians should not settle for 1967 borders

Data de publicação: 26/05/2011

Mahmoud Zahar, who is the Hamas leader disagrees with the American president’s opinion that the 1967 borders are the borders on which the Palestinians should be settled. According to his point of view, 1967 borders are not enough and the borders to be discussed should be the ones from 1948.Zahar does not want to swap lands or to return to Jerusalem. He questions Al-Emirate Al-Youm why not talk about the 1948 borders and discuss the partition plan that was internationally recognized.

Obama had stated at AIPAC (American Israel Public Affairs Committee) that the Palestinian state should be based on the 1967 lines with mutually agreed land swaps. However, he explained that it meant that both Israel and the Palestinians would have to negotiate a border that is different than the one that existed in 1967 because they will have to account for the changes that have happened in the last 44 years.Many people who are pro- Israel were outraged with this piece of news.

Among other things, Zahar said that the reconciliation between Hamas and Fatah did not have a deadline or a timetable to happen. He reinforced that any times or any figures already mentioned by the media are not correct. He says that the government will only happen if there is a consensus between Hamas and Fatah and its president will be chosen by a special committee.

 

Journalists of the week – 9th Grade Students – Teacher Blanche

Alexia / Bruno / Caroline / Daniel / David / Fernanda / Hellen / Julia / Julio / Leonardo / Nicole / Samy / Victor


Zahar: Palestinos não devem se estabelecer segundo as fronteiras de 1967

O líder do Hamas, Mahmoud Zahar, não concorda com as colocações do presidente americano que defende que os palestinos devem ser fiéis às fronteiras definidas em 1967. Segundo o seu ponto de vista, as fronteiras de 1967 não são suficientes e as que deveriam ser levadas em consideração são as fronteiras de 1948. Zahar é contra a troca de terras e devolução de Jerusalém. Ele questiona por que não adotar as fronteiras definidas na partilha da palestina em 1948, que foram reconhecidas internacionalmente.
As colocações quanto às fronteiras de 1967 foram pronunciadas por Obama durante o AIPAC. Ele também coloca que na realidade, tanto Israel quanto os palestinos deveriam negociar uma fronteira diferente da definida em 1967 pois deveriam levar em consideração todas as mudanças ocorridas nestes últimos 44 anos havendo troca de terra com mútuo acordo.Muitas pessoas na comunidade pró Israel ficaram incrédulas com estas notícias.
Zahar ainda comentou a respeito da reconciliação entre o Hamas e o Fatah, dizendo que não há nenhuma data ou dados definidos para isto acontecer. Ele acrescenta que qualquer informação deste caráter fornecido pela mídia é incorreta. Ele afirma que o governo somente irá acontecer se houver um consenso entre o Hamas e o Fatah  e acrescenta que seu presidente será escolhido por um comitê especial.

link:  http://www.jpost.com/MiddleEast/Article.aspx?id=221824
 

 

 

 

Videos | Assista os vídeos relacionados


Imagens | Veja as imagens relacionadas

Arquivos | Download de arquivos

Artigos | Veja os conteúdos relacionados

Colégio Renascença

Rua São Vicente de Paulo, 659
Santa Cecília - São Paulo, SP

Atendimento

Segunda a Sexta das 8h às 17h

(11) 3824 0788

© 2017 - Colégio Renascença | Todos os direitos reservados.